©
Em minhas preces de todo dia, sempre peço coragem e paciência. Coragem para continuar superando as dificuldades do caminho naqueles que não me compreendem. E paciência, para não me entregar ao desânimo diante das minhas fraquezas! — Chico Xavier. (via auroriar)
PAPAI DO CÉU, se não for para ser, tira do meu coração? AMÉM.
Na fila do lanche não tem amigo, não tem amor nem educação. É só você e a comida
”vc ta diferente cmg” ”quem é vc?”
No capricho do tempo, num sopro do vento.
Sou um barco contra corrente.
Um livro de trás pra frente.
Cheio de poesia incoerente.
Ergui a cabeça e abri a mente.
Lá estava ela, dona de uma beleza infinita.
Num vestido de luz, com sapatos azuis.
Eu conheci a garota mais bonita da cidade. — Amsterdã, 1957. (via oxigenio-dapalavra)
O amor nos coloca em contato com a melhor versão de nós mesmos. Aquela que acrescenta, constrói, que desata os nós e embrulha o agora em laços. A versão linda, dedicada, paciente, altruísta e absolutamente sã de mim que existe em consequência de você. Nada no mundo paga o preço da paz e da serenidade de reconhecer meus anseios, receios, vontades… Você, que sempre é o sorriso sincero após um dia cansativo, o abraço carinhoso depois dos momentos de fúria, o olhar de aceitação mesmo após uma falha, o colo que conforta quando do lado de fora da porta existe um mundo em descompasso. Quem transformou o universo da minha vida simplesmente com o seu amor. Melhor do que ir ao encontro do outro é tropeçar no meio do caminho em um desses acasos afortunados que te somam, mais do que te completam. Deixar o brilho do romance iluminar a travessia é uma escolha; vestir-se de permissividade e sorrisos também. Pois é no amor que a felicidade faz morada. — Gi Vasconcelos (via frase-feita)